Cistos Ovarianos

O que é cisto ovariano?

Cisto ovariano é uma bolsa cheia de líquido, que se forma sobre ou dentro do ovário. Qualquer folículo ovariano que apresente diâmetro maior do que dois centímetros, recebe a classificação de cisto ovariano.

Quando é mais comum o aparecimento do cisto ovariano?

São comumente encontrados em mulheres que se encontram em idade reprodutiva, sendo as mais propensas as que se encontram entre a faixa etária de 20 a 35 anos, as portadoras de endometriose ou com doença inflamatória pélvica.

A utilização de hormônios não é responsável pela formação de cistos.

Se os cistos podem ter relação com a ovulação. O que é a ovulação?

Tudo começa quando a mulher menstrua, logo após essa menstruação começa a indução de novos folículos para uma ovulação no período fértil da mulher. Na primeira fase, os hormônios são liderados pelo estrogênio e FSH que fazem acontecer o crescimento do endométrio e também dos óvulos.

O ciclo possui 3 etapas: fase folicular, fase fértil e fase lútea. Em um ciclo normal de ovulação, é muito comum acontecer estimulação de 10 a 20 pequenos óvulos. Quando um deles se desenvolve mais rápido ou fica maior do que os outros, pode-se tornar um ótimo candidato para ser o óvulo folículo dominante. Esse folículo após crescer e amadurecer, quando chega a cerca de 21 mm de espessura, pode ser liberado pelo ovário. Aí então o LH entra em ação fazendo a sua subida para liberação do óvulo. Nesse momento é muito importante saber que o muco clara de ovo é um grande sinal de ovulação.

Também, um dos sinais de que a ovulação está prestes a acontecer, são as famosas pontadas em um dos lados do baixo ventre na mulher ou em ambos.

Existem vários tipos de cistos ovarianos?

Existem dois tipos de cistos ovarianos e suas subdivisões:
os cistos funcionais (fazem parte do processo normal de menstruação), e os cistos dermóides.

Como os Cistos Ovarianos surgem e quais são os sintomas?

Cistos Funcionais

  • Cisto folicular: é o mais comum. Pode ser originado na ausência de ovulação, e também, quando um folículo não rompe ou não libera o seu óvulo. Todo mês, durante o ciclo menstrual, um folículo cresce no ovário. Os folículos são o local onde o óvulo se desenvolve. Na maioria dos meses, um óvulo é liberado deste folículo, num processo conhecido como ovulação. Se o folículo não conseguir abrir e liberar o óvulo, o líquido permanece dentro dele e origina um cisto. Isto é chamado de cisto folicular. Os cistos foliculares não costumam provocar alterações nos períodos menstruais.
  • Cisto de corpo lúteo: este tipo de cisto é funcional e ocorre após o óvulo ter sido liberado de um folículo. O folículo rompido passa a produzir grandes quantidades de estrogênio e progesterona em preparação para a concepção. Caso a gravidez não ocorra, o mais comum é o corpo lúteo desaparecer. Porém, ele pode encher-se de fluido ou sangue e se expandir, tornando-se um cisto e permanecer no ovário. Normalmente este tipo de cisto não causa sintomas. Mas ele pode ocasionalmente crescer, romper ou torcer o ovário, causando dor pélvica ou abdominal. Em mulheres que utilizam a pílula anticoncepcional, normalmente não há a formação desse tipo de cisto.
  • Cisto hemorrágico: pode acontecer quando um vaso sanguíneo bem pequeno, localizado na parede do cisto, se rompe e o sangue fica aprisionado no cisto. Pode haver dor abdominal do lado em que se encontra. O rompimento do cisto poderá liberar sangue na cavidade abdominal, causando dor.

Cistos Dermóides

  • Cisto endometrióide: é formado quando um pequeno pedaço de tecido endometrial sangra, desprende-se e cresce no ovário.
  • Cistos patológicos: outros cistos são patológicos, como por exemplo,
    os encontrados na síndrome dos ovários policísticos ou aqueles associados a tumores. Esta síndrome pode estar relacionada com dificuldade de engravidar e sangramento vaginal anormal.

Cistos Ovarianos causam dor?

Geralmente os cistos ovarianos não causam dor e nenhum outro sintoma. Mas, quando ocorre ruptura ou torção do cisto a dor é aguda e intensa.

Quando o Cisto ovariano pode causar dor?

É provavel que um cisto ovariano cause dor se:

  • Aumentar de tamanho
  • Sangrar
  • Romper-se
  • Sofrer uma colisão durante a relação sexual

For torcido ou provocar a torção das trompas de Falópio.

Além da dor ocasional, quais são os outros sintomas que podem aparecer ?

  • Inchaço no abdômen
  • Dor ao evacuar
  • Dor pélvica pouco antes ou depois do início do período menstrual
  • Dor durante as relações sexuais
  • Dor pélvica – dor leve e constante
  • Dor pélvica súbita e forte, frequentemente acompanhada de náusea e vômito, podendo ser um sinal de torção do suprimento sanguíneo do ovário, ou de ruptura de um cisto acompanhada de sangramento interno.

 

Como pode ser feito o diagnóstico do Cisto Ovariano?

O diagnóstico do cisto ovariano pode ser feito por meio de um exame ginecológico de rotina ou ultrassonografia. Alguns exames laboratoriais podem ser necessários, dependendo das manifestações clínicas apresentadas pela paciente. É importante a realização do diagnóstico diferencial, em busca de doenças que, embora menos frequentes, possam originar os mesmos sintomas.

Qual o tratamento para Cisto Ovariano?

O tratamento pode ser direcionado para os cistos que, por suas características, sumirão espontaneamente, ou cirúrgico, normalmente por meio da videolaparoscopia e irá depender do tamanho, das características, do tipo de cisto e da idade da paciente.